Ivayr Soalheiro - Vereador Contagem

Aumentar Texto Diminuir Texto
Voltar

Regularização Fundiária do Parque São João já é realidade

Os moradores do bairro Parque São João, no Eldorado, que ainda não contam com o título de propriedade de seus imóveis, já podem comemorar. No último sábado (17/3), a Congregação dos Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria (Congregação dos Missionários Claretianos) doou 186 lotes para o início do processo de Regularização Fundiária do bairro. A assinatura do Termo de Cessão de Compromisso foi realizada entre o presidente da Congregação, padre Marcos Aurélio Lara, e o prefeito Alex de Freitas, durante solenidade na Escola Municipal Sandra Rosa.  

A doação beneficia mais de 400 moradores do Parque São João. Os lotes somam, aproximadamente, R$ 15 milhões.

A iniciativa de regularização dos imóveis do bairro Parque São João partiu do padre Wagner Brito da Paróquia Santo Antônio Maria Claré em parceria com o Secretário de Desenvolvimento Urbano, vereador licenciado Ivayr Soalheiro (PDT), que intermediou todo o processo.

O padre Wagner explica que a doação dos terrenos aos moradores é de grande importância para o bairro Parque São João. Segundo ele, sempre foi à intenção da Congregação dos Missionários Claretianos doar os terrenos e regularizar a situação dos moradores.  “Estamos com o sentimento de dever cumprido, pois é muito importante levar a caridade de Cristo às pessoas. Agradeço ao Ivayr Soalheiro por todo apoio para que conseguíssemos regularizar a situação dessas pessoas. Foi por meio de sua intervenção junto à prefeitura que fizemos a doação dos lotes para a Regularização Fundiária”.

Durante a solenidade, o secretário de Desenvolvimento Urbano, vereador licenciado Ivayr Soalheiro, destacou o carinho que os padres Marcos e Wagner têm pela cidade de Contagem e enfatizou que a doação dos lotes feita pela Congregação dos Missionários Claretianos concretiza um sonho das famílias do Parque São João que ainda não são legalmente donas de suas propriedades. “Fico muito feliz pela agilidade de todo o processo. A Regularização Fundiária é um grande desafio, mas aos poucos estamos conseguindo garantir esse direito sagrado aos contagenses. Aproveito para agradecer aos padres Marcos e Wagner pela doação dos terrenos, e ao nosso prefeito Alex de Freitas, que não envidou esforços para atender as nossas reivindicações”.  

O prefeito Alex de Freitas disse que com a legalização dos imóveis, os moradores do Parque São João vão poder negociar e ter as casas valorizadas. “Estamos realizando aqui um sonho de muitos cidadãos. Isso só foi possível graças ao Ivayr e a Congregação dos Missionários Claretianos que se esforçaram para resolver o assunto. Tudo isso contribui para a melhoria e o desenvolvimento da cidade”.

Conforme o documento, os Claretianos fizeram a doação dos terrenos  e a Prefeitura de Contagem fará a Regularização Fundiária, o levantamento das famílias beneficiadas e o registro de posse em nome dos moradores do Parque São João. A partir das próximas semanas, servidores da Secretaria de Habitação da Prefeitura de Contagem darão início às reuniões e visitas aos moradores, para realizar o cadastro socioeconômico, definir as áreas de cada moradia e entregar o título de posse de propriedade. 

 

História do bairro Parque São João

Em 1950, a Congregação dos Missionários Claretianos adquiriu um terreno no bairro Parque São João, com finalidade comercial para a implantação de um condomínio fechado. Na época, o projeto não foi à frente e ficou parado. Com isso, os terrenos foram invadidos por várias famílias que necessitavam de moradia, dando origem a uma parte do bairro Parque São João. Com o passar dos anos, a Congregação dos Claretianos não teve interesse em reivindicar os terrenos e, desde então, procura uma forma de legalizar a situação das famílias que moram no loteamento.

Há algum tempo, em conversa informal com o então vereador Ivayr Soalheiro, o padre Wagner apresentou interesse da congregação em fazer a doação dos lotes para as famílias e solicitou que ele ajudasse na intermediação com a Prefeitura de Contagem para que fosse realizada a Regularização Fundiária.

No início do ano passado, o prefeito Alex de Freitas demonstrou interesse e, agora, a Congregação dos Claretianos doa o terreno para que a prefeitura dê o título de propriedade a quase metade do bairro Parque São João.

 Benefícios da Regularização Fundiária

·         O morador se torna dono legal do imóvel em que reside;

·         Conquista um endereço oficial reconhecido pela cidade e instituições;

·         Pode registrar e regularizar em cartório as construções existentes no lote;

·         O imóvel fica mais valorizado;

·         Tem acesso a financiamento bancário ou crédito no comércio.

 

  • Foto
  • Foto
  • Foto
  • Foto
  • Foto
  • Foto
  • Foto
Anterior Próximo
Compartilhe essa página: